quarta-feira, 10 de outubro de 2012

O PRESENTE DO MEU FUTURO

Percebi que ainda tenho a esperança
cravada em meu peito, dando-me a possibilidade
de ainda sonhar com um por vir melhor,
um hoje melhor do que ontem e um amanhã
promissor.
-
De repente peguei-me fazendo planos outra vez,
acreditando que pode ser possível continuar vivendo
mesmo que as tristezas passadas gritassem que 
nunca mais haveria uma chama escondida
por debaixo das cinzas.
-
E por mais estranho que possa parecer a vida se renova,
se reinventa, e voltamos a ter certeza que tudo é possível quando verdadeiramente se acredita na força
de um recomeço.
Estou recomeçando a viver, ressuscito, volto a vida.
-
Com garra, com coragem e com uma alegria infinda
de ter merecido mais uma chance, mais uma oportunidade de seguir por meus caminhos, caminhos
traçados por muitos anos, e sempre deixados para
depois.
-
Agora chegou a minha vez, percorrerei a minha estrada, com passos largos e firmes, certa de que
chegarei aonde quero e mereço chegar.
Vivendo em paz e deixando que vivam em paz.
Colhendo os frutos que plantei e os que ainda plantarei.
-
Sílvia Pertusi. 

Um comentário:

Dulce Morais disse...

Sílvia, a esperança é tão importante para cada um. O caminho é sempre semeado de tropecilhos, mas é sempre indispensável continuar a semear rosas.
Bom fim de semana.