segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

SELVAGEM.


RASGANDO O PEITO, SALTA VELOZ O ANIMAL QUE VIVEU PRESO EM MIM.
GALOPA A TODA VELOCIDADE A PROCURA DE LIBERDADE.
SALTA RIOS, SOBE MONTANHAS, CORRE COMO SE ASAS TIVESSE NOS PÉS.
-
ANIMAL SELVAGEM E BRAVIO, VALENTE, GUERREIRO QUE GALOPA EM
BUSCA DO AMANHÃ, ANTES QUE HOJE SEJA TARDE.
VAI A PROCURA DO SEU DESTINO, DO SEU FUTURO, DA SUA FELICIDADE.
-
SABE QUE A ELE PERTENCE, AGORA MAS DO QUE NUNCA,
AS RÉDEAS DE SUA VIDA, JÁ NÃO TEM MAIS DONO, MAIS SENHOR.
NÃO CARREGA MAIS NINGUÉM NOS FLANCOS, NÃO ARA MAIS A TERRA.
-
GALOPA VELOZ DEIXANDO ATRAS DE SI A POEIRA DE CAMINHOS
PERCORRIDOS, NA ANCIA DE DEIXAR FICAR PERDIDOS NO TEMPO,
TRISTEZAS, ANGUSTIAS E DORES.
-
ANIMAL INDOMÁVEL, FORTE, CAPAZ DE VIVER GRANDES PROGETOS,
SEGUIR GRANDES METAS, ARQUITECTAR GRANDES PLANOS, INVENTAR
A ALEGRIA, O AMOR, A FELICIDADE, E VIVER A TUDO,NEM QUE SEJA
SOMENTE EM SONHOS.
-
SÍLVIA PERTUSI.

Um comentário:

非凡 disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^